Telhas térmicas sob medida: a importância de um mapa de telhado


6 de dezembro de 2017
Telhas térmicas

Uma das grandes vantagens das telhas térmicas Dânica, é que elas são sob medida.

Com largura padronizada de 1,05 metros de área útil no modelo termoroof e 1,00 metros de largura útil no modelo termohouse, as telhas térmicas podem ser fabricadas com comprimento variável, conforme a necessidade de seu telhado.

Tanto em telhados pequenos quanto em telhados maiores é importantíssimo que o responsável pela obra elabore um documento chamado “mapa de telhado” ou “mapa de montagem“. Trata-se de um desenho que indica os tamanhos de cada telha e sua respectiva posição no telhado.

Um mapa de telhado para telha térmica Dânica modelo Termoroof

2380-telha-termica-termoroof-t-eps-2-gNo modelo termoroof a telha pode ser comprada com comprimentos que variam de 2,5 metros até 7,5 ou 8 metros. Comprimentos superiores a 7,5 ou 8 metros até são possíveis, desde que seja o modelo com aço em ambos os lados. Sempre chamamos atenção ao fato de que, em geral, telhas com mais de 5 ou 6 metros de comprimento trazem complicações ao manuseio na obra. Transportar uma telha com mais de 6 metros de comprimento para cima do telhado pode se tornar uma tarefa complicada e arriscada. Em muitos casos acaba exigindo que o cliente alugue um equipamento próprio para isso, e isso tem custos. Por outro lado, se você opta por telhas mais curtas, fica mais fácil e menos arriscado o manuseio. A telha permite emendas.

Recomenda-se usar telhas com comprimento de 2,5 a 7,5 metros. Lembrando, que é sempre de 10 em 10 centímetros. Vamos ver então como ficou o mapa de um telhado feito por um cliente nosso.

 

Mapa de telhado para telha térmica

A imagem abaixo mostra o mapa de telhado feito pelo Engenheiro Wladimi Vargas, de Florianópolis, para um de seus clientes. A indicação T1, T2 etc, indica cada telha, sua posição e se há necessidade de transpasse (emendas) ou não. Em uma tabela auxiliar, o engenheiro indica o comprimento de cada uma dessas telhas, mantendo o uso da nomenclatura T1, T2 etc.

mapa-de-telhado-foto-1

A tabela abaixo faz parte do mesmo desenho, feito pelo engenheiro Wladimir. Essa tabela é que completa o sentido e dá melhor entendimento ao desenho do mapa do telhado visto acima. Nessa tabela encontram-se os comprimentos de cada telha e sua respectiva identificação. Perceba que a telha identificada como T4 e T5, na tabela, consta comprimento necessário de 2,75 e 3,95 metros. Como as nossas telhas são produzidas sob encomenda mas sempre de 10 em 10 centímetros, na hora de colocar no orçamento, essas telhas serão ajustadas para o comprimento de 2,80 e 4,00 metros, respectivamente

mapa-de-telhado-foto-2-lista-de-telhas

Por que fazer um mapa de telhado?

O mapa é importantíssimo porque ele auxilia na comunicação em todo o processo, desde o momento de fazer o orçamento, entre cliente e vendedor, até o momento da montagem, entre engenheiro, proprietário e equipe de montagem do telhado.  O mapa de telhado evita uma série de riscos, tais como:

Falha de comunicação e subdimensionamento das telhas

Sem um mapa como esse é muito fácil ocorrer um ruído de comunicação, na hora da compra, por exemplo. Uma pequena falha na hora da especificação das telhas pode ocasionar na compra de telhas mais curtas, causando um tremendo prejuízo e atraso na obra. Lembre-se que as telhas são sob encomenda e o prazo de entrega fica em torno de 30 dias. Imagine se você receber uma telha com 3,90 ao invés de 4,00 metros? Se a telha não for capaz de cobrir a área total do telhado ela pode ser inútil para você, e será necessário pedir outra telha e esperar mais 30 dias para recebê-la.

Se você comprar telhas mais longas que o necessário, você não terá grandes atrasos ou prejuízos, mas pode ser necessário cortar uma parte da telha e essa sobra representa uma pequena perda de material e de dinheiro.

Cortar a telha errada na hora da montagem

Sem o mapa de telhado pode acontecer do montador de telhados não saber exatamente qual telha colocar em qual posição. Imagine a seguinte situação, acompanhando o mapa de telhado e a tabela de telhas. Imagine que o telhadista não tem o mapa de telhado e pegou a telha chamada T4, que terá 2,80 metros e colocou no local que deveria ser instalada a telha T1.  Ao perceber que a telha está mais longa que o necessário, ele faz um corte na telha e retira 80 centímetros.

Algumas horas depois, o telhadista chega no local que deve ser instalada a telha 4 (T4) e ele só tem telhas com 3 metros. Ou seja, as telhas são 80 centímetros mais curtas que o necessário. Esse erro ocasionará uma perda gigantesca de material e você terá de fazer um novo pedido e esperar de 25 a 35 dias para recebê-las.

Quem deve fazer o mapa de telhados?

Algumas vezes nossos clientes nos pedem auxílio para esse trabalho. O vendedor pode fazer um mapa de telhado para que seja possível fazer um orçamento inicial, apenas. Isso ajuda o cliente a se planejar com maior antecedência quanto ao investimento aproximado que será necessário, com uma pequena margem de erro. Contudo, na hora de fazer o pedido, é imprescindível que o responsável técnico da obra faça o seu mapa de telhado. É o responsável técnico da obra que está no ambiente da obra, fará a medição, e terá certeza das medidas coletadas; ele sabe quais os comprimentos mais adequados e comprimentos máximos que pode manusear na obra, e principalmente, é ele quem estará na obra no momento da instalação das telhas.

Por mais perfeito que seja o mapa de telhado feito por algum vendedor, sempre haverá riscos. Principalmente na comunicação. O montador do telhado pode interpretar o mapa de telhado de forma diferente e, como nos exemplos anteriores, cortar a telha errada.

É difícil fazer um mapa de telhado?

Definitivamente não. Para fazer o mapa de telhado o projetista precisa saber as características básicas do produto, como largura padrão, comprimentos que pode solicitar e inclinação que será usada no telhado.

Informações importantes no caso da telha térmica termoroof:

– a inclinação mínima exigida pelo produto é de 5%.

– A largura padrão é de 1,05 metro (largura útil)

– Comprimento mínimo e máximo: 2,5 a 8 metros, sempre de 10 em 10 centímetros.

Em alguns casos, em obras menores, reformas e trocas de telhado, o próprio montador do telhado (telhadista) acaba fazendo o mapa de telhado. Recomenda-se nesse caso ter cuidado especial e acompanhamento do proprietário ou responsável técnico.

Contudo, recomendamos sempre que o próprio engenheiro ou arquiteto faça o mapa. Como a maioria usa o programa AutoCad, fica ainda mais fácil. O software traz as medidas exatas, permitindo ser feito um mapa de telhado com muito mais exatidão e segurança. Alertamos também, que uma vez que o engenheiro ou arquiteto fez o mapa de telhado, é importante que ele faça o acompanhamento da montagem do telhado o mais próximo possível, para evitar interpretações errôneas da parte da equipe de montagem, corte de telhas incorretas etc.

Para evitar falhas de comunicação, recomenda-se envolver um dos principais funcionários da equipe montagem do telhado na etapa de revisão do mapa de montagem. Assim ele já saberá que terá que respeitar fielmente ao mapa de telhado.

Vantagens do uso correto do mapa de telhado

As vantagens de usar um mapa de telhado são muitas. Citamos aqui apenas quatro das muitas vantagens.

– segurança na solicitação dos produtos necessários para obra

– redução de risco de perda de material

– redução de risco de atrasos na obra

– redução no tempo de montagem do telhado

 


 

 

Mapa de telhado utilizado com autorização do Eng. Wladimir.
(48)98451-4959 – e-mail: wladimir.vargas@ufrgs.br

 


Dúvidas?

Deixe sua pergunta ou comentário!


Deixe uma resposta