Quantas águas tem meu telhado?

As vezes o vocabulário o vocabulário específico para descrever os mais variados tipos e estilos de telhado podem atrapalhar um pouco.

Por isso destacamos aqui, imagens simplificadas para indicar a nomenclatura (nome) de cada tipo de telhado. Isso facilita muito quando você vai conversar sobre o telhado com o mestre de obras, arquitetos, engenheiros e vendedores de telhas.

 

telhado 2 e 4 aguas
As duas imagens a esquerda chama-se telhado duas águas. As duas imagens à direita chama-se telhado quatro águas.

 

telhado com uma agua
Nos três desenhos vemos diferentes ângulos de um telhado chamado de “uma água” ou “meia água“. Ou seja, uma caída de água apenas. Na região sul e sudeste do Brasil chama-se de meia água na maioria das vezes.

 

telhado duas aguas
Desenho de diferentes formas de se fazer um telhado com Duas Águas. O telhado duas águas, po padrão, seria como a terceira imagem (da direita para esquerda). Contudo, também é comum telhados duas água em que cada água não se encontra perfeitamente ou mesmo apresenta-se de forma invertida, com uma calha no meio delas, como no último desenho à direita.

 

 

telhado com tres aguas
Telhado com três águas, em diferentes visões.

 

telhado com 4 aguas
Telhado com quatro águas tradicional, vista superior, lateral e frontal.

 

telhado com rincao e aguas furtadas
Telhado com várias águas. Normalmente, por se tratar de um telhado com várias águas não se “conta” quantas águas são. Uma forma de descreve é destacar que se trata de um telhado maior com quatro águas contendo água furtada e um telhado de duas águas. Se o seu telhado é assim mais complexo, vale a dica de ter sempre um desenho ou o projeto em mãos, na hora de solicitar um orçamento, pois telhados desse tipo exigem uma série de acessórios específicos.

 

Fonte das imagens: Site Ebah / postagem Semprini. Se deseja aprender bastante sobre telhados incluindo detalhes técnicos da estrutura, recomendamos a postagem Técnicas de Construção Civil e Construção de Edifícios do Giovani Semprini.

 

Deixe um comentário